Tópicos do Semiárido: Palestra e debate sobre a Bacia do Pajeú e seu papel estratégico no desenvolvimento da microrregião do Pajeú.

por Maria Letícia Aragão Ocorrerá nesta terça-feira, 30 de novembro, entre 19h e 21h, a primeira palestra virtual do Ciclo de Debates ¨Tópicos do Semiárido¨ promovido pelo projeto AGREGA do CCBA em cooperação com o NEPPAS – Núcleo de Estudos, Pesquisas e Práticas Agroecológicas do Semiárido da UFRPE/UAST. O tema é “A Bacia Hidrográfica do […]

AGREGANDO SABERES: Sistemas Agroflorestais e Sistemas tradicionais indígenas

por Maria Letícia Aragão Iniciou-se no dia 28 de julho, de forma remota, o primeiro encontro do Curso de Agroecologia, Sistemas Agroflorestais e Sistemas Tradicionais Indígenas. Desenvolvido pelo Centro Cultural Brasil Alemanha (CCBA) em parceria com a Universidade Federal Rural de Pernambuco / Unidade Acadêmica de Serra Talhada (UFRPE/UAST) e o Núcleo de Estudos, Pesquisas […]

Logística de solidariedade: Produtos agroecológicos atenuam insegurança alimentar no Sertão pernambucano

Por: Letícia Aragão Afogados da Ingazeira, localizado no semiárido nordestino, a 370 km da cidade do Recife,  é um dos municípios mais influentes da microrregião do Pajeú, Pernambuco. Sua economia está baseada, principalmente, na agricultura e agropecuária. Diante da pandemia da iminente crise socioeconômica no Brasil, o município, assim como tantos outros, tem enfrentado situações […]

REDE DE HORTAS DO BEM COMUM: Uma Experiência Promissora de Aldeia para o Mundo

Atividade de Planejamento da RHBC. Foto: Arquivo RHBC

Entrevistamos o engenheiro Thilo Schmidt, consultor em Gestão Sustentável de Resíduos Sólidos (RHBC), membro cofundador e produtor da Rede de Hortas do Bem Comum. Ele nos trouxe um panorama geral da experiência da RHBC, que se desenvolve na região de Aldeia, município de Camaragibe, área metropolitana do Recife. Quando nasceu a Rede de Hortas do […]

Certificação Orgânica: Como conseguir o selo de produto orgânico?

Nas últimas décadas, o uso da “tecnologia” e os transgênicos tornaram as safras de produtos agrícolas muito maiores, e por causa das modificações genéticas e a presença de tanto veneno que é pulverizado sobre os alimentos provenientes deste tipo de agricultura se tornaram extremamente danosos à saúde humana e ao meio ambiente. Quase sem ter […]

Meliponicultura – Atividade prática de campo com índios Xukurus

Com o objetivo de identificar abelhas sem ferrão para criação, preservação e conservação das espécies nativas foi realizada no dia 29 de janeiro na área indígena do Caxo, uma coleta de amostras para identificação científica das diferentes abelhas nativas existentes na região, assim como a instalação de caixas iscas confeccionadas pelos Xukurus. Na atividade que […]

Projeto AGREGA realiza Oficina de Compostagem

No dia 9 de janeiro, o Projeto AGREGA realizou uma Oficina de Compostagem no sítio Xéu, município de Brejo da Madre de Deus, uma das oito iniciativas nas áreas de agroindústria comunitária, irrigação e psicultura que estão sendo desenvolvidas em municípios do interior de Pernambuco. A iniciativa da Ong alemã Brasilieninitiative Freiburg e.V. e do […]

Projeto AGREGA apoia Grupo de Mulheres em Novo Cajueiro – Pesqueira

O grupo de mulheres do assentamento Novo Cajueiro em Pesqueira é sinônimo de superação. Desde 2011 quando elas resolveram partir para a estruturação de uma agroindústria de beneficiamento de frutas (polpas e bolos), os desafios não tem sido poucos e quase que constantes.

Cisterna de 72 mil litros vai possibilitar irrigação com energia solar no território Xucuru

A iniciativa do AGREGA na comunidade também propiciou a construção de uma cisterna de placas de 72 mil litros de capacidade de armazenamento de água das chuvas, coletava através do telhado da Casa das Sementes Mãe Zenilda, que funciona como um centro de formação onde se trabalha com sementes, gastronomia tradicional, sistema tradicional de cura e que abriga também uma biblioteca.

Agrega promove curso de agrofloresta no território Xukuru

O território do povo indígena Xukuru do Ororubá, em Pesqueira, Agreste de Pernambuco, sediou, entre os dias 13 e 15 e abril, um curso de implantação de Sistemas Agroflorestais (SAFs). A atividade foi realizada na Aldeia Couro Dantas, no Cacho Baixo, e contou com a participação de cerca de 20 pessoas entre indígenas, comunidades vizinhas e estudantes que implementaram um SAF, em sistema de mutirão. A formação foi um intercâmbio com os agricultores agroecológicos Vilmar e Silvanete Lermen, que tem experiência com SAFs na Chapada do Araripe, no município de Exu. O curso integra as atividades do Projeto Agrega – Agroecologia com Energias Renováveis executado pelo CCBA – Centro Cultural Brasil – Alemanha.